Atendendo pessoas mal educadas no varejo

Atendendo Pessoas Mal Educadas No Varejo

Como lidar com pessoas mal educadas no atendimento?

O cliente foi grosso comigo. O que fazer agora?

Prezado Infeliz.

Quando você chamar uma empresa fora de horário e for prontamente atendido, e super bem atendido, mesmo que de repente você não goste do orçamento prévio, agradeça por educação levando em conta que se você for CLT e ficar 30 minutos fora do seu horário certamente você cobrará hora extra, ainda mais se for num sábado a noite, num domingo.

Quando você não agradece você já demonstra à empresa que achou caro o orçamento, mas demonstra ainda mais que você não tem um pingo de educação e que para a empresa talvez seja um alívio não ter você como cliente.

Porém, será que você não é daqueles(as) que quando não é bem atendido(a) não sai por aí reclamando à torto e à direita?

O Cliente Foi Grosso Comigo. O Que Fazer Agora

Lembre-se que uma empresa atende diversas pessoas por dia ou por semana dependendo do segmento, e se a pessoa do outro lado atender alguém feito você algumas vezes ela pode ir se cansando, e faltar com cortesia para pessoas que sejam bem diferente de você.

Sei que é um recado pesado, mas quem trabalha principalmente no atendimento no varejo sabe do que estou falando.

Entenda bem… Solicitar orçamento é total direito seu como cliente, pois também somos clientes de outros lugares. Mas faltar com educação, acredito que ninguém deveria ter esse direito.

Diga que vai pensar, agradeça, e até nunca mais se for o caso.

Ou então discorde elegantemente do orçamento, queira negociar que também é total direito seu, só não seja omisso.

Pior é muitas vezes vermos as fotos dos perfis com nome e sobrenome e buscarmos no Google as informações e vermos que alguns desses infelizes são vendedores, são representantes de empresas.

Coaching de Vendas funciona com pessoas mal educadas?

Uma vez uma coach de vendas queria porque queria fazer 10 sessões de atendimento para a Tati melhorar ainda mais a forma de atender os clientes. Isso foi no ano de 2015 e quando eu ( Elegantemente) falei para ela que achava o investimento alto uma vez que uma parte dos nossos clientes achavam nossos preços altos de consertos de roupas, e que iríamos embutir o valor do curso nos ajustes de roupas, ela me disse algo assim:

” Não… mas com as técnicas que ensinarei, alinhadas à forma carinhosa como sua esposa já atende, farão com que o nível de percepção dos clientes aumente tanto que eles nem notarão esse aumento que você embutirá”.

Anos se passaram e ela precisou fazer uns ajustes de roupas com uma pessoa e sem saber que éramos nós quem fazíamos para a empresa ela ficou ” abismada” com o preço dos ajustes e pegou as roupas com rapidez e total deselegância, em nada se parecendo com aquela coach de vendas e tal.

Voltando aos perfis de atendimento a pessoas mal educadas no varejo.

Aí ou a pessoa certamente é péssima em vendas ou é muito hipócrita em atender tão bem os clientes, bem diferentemente do que ela é mesma.

Entretanto, talvez tenhamos aí uma terceira alternativa que pode ser Assustadoramente Comum:

Essa pessoa ter se tornado uma infeliz mal educada exatamente por atender diversas pessoas sem educação. E sem perceber se tornou igual.

Cursos de vendas ao varejo.

Agora imagem só uma empresa séria pagar um ótimo curso de vendas para uma pessoa dessas. Será que ela terá inteligência emocional para absorver o melhor do curso e colocar em prática ou quando atender umas 10 pessoas mal educadas feito ela jogará tudo pelo ar? Geralmente os mais mau educados são os que tem o ” pavil mais curto”

Pense nisso e tente mudar. Tudo bem que educação vem de berço , mas com muito esforço talvez você melhore pouca coisa, não custa muito.

E você, já passou por isso? Se sim, conte como foi.

Deixe seu comentário