Quem sobreviverá à toda essa crise ?

Quem sobreviverá à toda essa crise ?

 

Quem sobreviverá à toda essa crise ?

 

Estamos nos aproximando, senão da maior uma das maiores crises financeiras que temos notícia.

Eu não vivi a crise da quebra da Bolsa de NY em 1929, mas os pessimistas afirmam que será da mesma magnitude ou talvez maior.

 

As empresas se organizam para passar e sobreviver pelo tempo que for necessário.

no controle da pandemia. Muitas empresas não suportarão o impacto da quebra de receitas, outras sobreviverão com sequelas

e, outras se reinventarão.

A exceção fica com as empresas que atuam na cadeia de fornecimento permitido durante a pandemia.

 

empresas que poderão atender

 

Quanto tempo levará a paralisia imposta ao mercado? A resposta que vale uma fortuna, pois ninguém sabe com exatidão. Fica dificultado o planejamento das ações, sem saber por quanto tempo se organizar e preparar a saída da inércia, para absorver toda e qualquer oportunidade, até que a engrenagem volte a girar.

 

Se arriscar a trabalhar ou se arriscar a passar fome ?

Se readequando ao Mercado de Trabalho

se readequando ao mercado de trabalho

 

No entanto , Voltar a girar não significa que tudo será como antes, pois não será.

 

O mercado vai se acomodar, com a eliminação de alguns atores.

 

fortalecimento de outros e surgimento de um grupo de camaleões que se adaptarão a nova ordem mercadológica.

 

São mais incertezas do que afirmações, mas diante do que é observado na Ásia, a retomada começou, de forma mais acentuada, nas empresas que passaram o período de reclusão, planejando e se organizando se preparando para absorver os primeiros raios de Sol pós tempestade.

 

 O que essas empresas fizeram?

Organizaram uma força tarefa qualificada, com os melhores profissionais.

 

Dessa maneira, mantiveram a inteligência capaz de planejar e implantar ações na busca de oportunidades prontas para acontecer.

 

equipe engajada

Qual o perfil dessas equipes?

 

Comprometimento e iniciativa – Quanto mais engajado for o profissional, maior será a chance de sucesso, pois atuar a partir da própria casa, com um cenário de pandemia sem dispersar, é algo para quem pensa fora da curva.

Visão estratégica – Pensar no mercado futuro, medindo o que acontece no presente, oferece um ganho difícil de mensurar num primeiro momento, mas límpido como cristal, após sua implementação bem sucedida.

Capacidade de liderança – Assumir responsabilidades, com elevado risco, além da capacidade de comunicação, motivando outros profissionais e inspirando a equipe com suas ações e atitudes.

Capacidade de tomar de decisões – A tomada de decisão é algo para poucos, pois num momento de crise, muitos tendem a não assumir riscos e fugir da linha de frente, postergando uma decisão indefinidamente. A extrema pressão da pandemia forjou e aflorou profissionais preparados para não se intimidar diante do caos.

 

profissional digital

Profissional digital – A tecnologia não sofreu com esse vírus, ao menos com este tipo de vírus. Com a internet, nos notebooks e smartfones as reuniões, convocações, conferências entre outras ações, tornam-se corriqueiras, mas é importante destacar que necessita de talento e técnica, para conduzir e interagir com equipes de forma virtual e remota.

Inclusive quem trabalha com Hospedagem de sites   , Consultoria SEO  e outras tecnologias não tem sofrido a princípio grandes impactos já que muitas pessoas estão trabalhando Home Office. E claro, empresas que vendem online como artigos para bebês e outros seguimentos .

Adaptação às demandas de trabalho – O formato convencional e presencial de trabalho, com a carga semanal de contribuição, é algo que morre a cada dia, principalmente quando falamos de profissionais estratégicos e diferenciados.

O tempo de trabalho será relativizado conforme sua demanda e necessidades, podendo exceder em muito as 40 horas regulares, ou apresentar momentos de descompressão.

 

Costuras e Reformas em Geral - Quem sobreviverá à toda essa crise ?

 

O profissional trabalha em qualquer lugar, seja em casa, aeroportos, hotéis, parques, e também em qualquer horário.

 

Isso torna as jornadas de trabalho mais flexíveis, uma vez que horários fixos também não faz mais sentido em algumas funções.

 

Pensamento sustentável – Vivendo uma crise epidêmica, fica evidente a necessidade de pensar de forma “verde”. Uma realidade que já é aceita por boa parte da sociedade e, aumentará após a crise.

Essa revolução na maneira de pensar é vantajosa para todos, afinal um cenário empresarial com empresas sustentáveis, melhores produtos e serviços, trabalhar para corporações de todo o mundo sem sair de casa.

Um legado que está fazendo a diferença para o seleto grupo que aflora do caos imposto pelo COVID-19, mas servirá para tudo e para todos.

 

Publicado por

Luiz Fernando Morau

Status: disponível

Luiz Fernando Morau

Director at Quanta

Algumas observações nossas…

O Autor desse texto é um cliente antigo nosso, que há tempos não vêm nos visitar e da última vez que eu liguei para perguntar sobre a ausência dele, ele me disse que tínhamos virado ” estrela”, que só fazíamos ajustes em roupas de alta costura por um preço alto.
O Luiz é super elegante e o comentário dele nos serviu de alerta, pois certamente o preço para ele não o impediria de fazer os consertos e reformas de roupas conosco, desde que ele não considerasse abusivo.

Como será o mercado de trabalho após a crise do coronavírus ?

 

Se hoje as empresas de varejo de atendimento Premium já sinaliza o número altissimo de clientes que querem grandes descontos, querem até mesmo dar preço nos serviços, imagine quando o impacto na economia for imenso ?

Portanto não é somente sobreviver à crise, e sim se adaptar à ela e desenvolver meios de crescimento sustentável pensando sempre a médio e longo prazo.

Juntamente na  primeira onda da crise ficarão as empresas que já estavam ” mal das pernas”. Numa segunda onda ficarão as empresas que não tiveram fôlego e idéias para seguir adiante.  Por fim, ficarão as empresas que souberam não só se adequar mas entender as novas tendências e ou criar novas tendências de mercado.

 

Te comparam somente pelo preço ?

A busca por preços baixos.

Dá medo de como ficará o mercado de Ajustes de Roupas daqui por diante.  Nós sempre primamos pela qualidade e haja vista as avaliações dos nossos clientes nós temos um imenso orgulho da qualidade que temos.

Entretanto, a tendência é que serviços diferenciados como os nossos se tornem ” supérfluos” para a grande maioria das pessoas, e a pequena parcela da população vip que pode adquirir serviços premium tende a ” pechinchar” bastante.

Bem como será terrível se tivermos que diminuir nossa qualidade para nos readequarmos ao Mercado de Consertos e reformas de roupas.

Em síntese , o que imagina que mudará em seu ramo de atividade? Conte aqui um pouco mais do seu trabalho e caso você esteja lendo esse Post depois do coronavírus conte como você e sua família conseguiram passar por tudo isso.

 

Conheça mais do nosso trabalho através dos links e vídeos abaixo :

 

Primeiro dia de confinamento do coronavirus

Consertos e reformas de roupa

 

Página de fãs (facebook):

https://www.facebook.com/www.elcosturas.com.br/

Instagram:

https://www.instagram.com/ellegancycosturas/?hl=pt-br

Canal no YouTube:

https://www.youtube.com/user/ellegancy2014

Pinterest: 

https://br.pinterest.com/ecosturas/

 

Enfim chegamos ao término desse Post com o título Quem sobreviverá à toda essa crise ? e esperamos que você tenha gostado.

Deixe seu comentário