BMW, Harley-Davidson e Ducati abandonam o Salão Duas Rodas

Tite Simões –  Sim, as fabricantes de motos potentes e pesadas esperam realizar test-ride em uma área pequena? É como experimentar uma asa delta saltando da mesa da cozinha!

Mas se for para um espaço maior como autódromo de Interlagos ou Velocittá como sugeriram estão preparados para os desastres? Tem como avaliar se uma pessoa sabe pilotar ou não só olhando pra cara dela?

Triumph, Ducati e Harley-Davidson, querem fazer eventos de experimentação com segurança em local adequado? Pergunte-me como que dou uma solução rapidinho, fácil e barata.

Acho que o verdadeiro motivo é financeiro porque há anos escuto as fábricas e expositores reclamando do custo do evento depois que saiu do Anhembi. Claro, alguém tem que pagar a conta daquele espaço novo e moderno.

 

Fonte: Jornal do Carro 

 

https://jornaldocarro.estadao.com.br/motos/bmw-harley-ducati-abandonam-salao-duas-rodas/?fbclid=IwAR0W98kUOG6apPmSobG51eDyvbex4pt_ObZP8SIPre4SpovuUijMavDwpD0

 

Falta de espaço para experimentação e custo do evento são fatores para saída de BMW, Ducati e Harley-Davidson do Salão Duas Rodas; Triumph e Dafra ainda não confirmaram

 

SALÃO DUAS RODAS QUANDO AINDA ERA NO ANHEMBI, ATÉ 2015. CRÉDITO: SERGIO CASTRO/ESTADÃO

 

No mês passado, a Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (Abraciclo) renovou o contrato com a Reed Exhibitions Alcantara Machado para a realização do Salão Duas Rodas até 2025. O local continuará sendo o São Paulo Expo.

Contudo, a notícia não é de toda positiva. Para a edição 2019 do evento, que ocorre entre 19 e 24 de novembro, já há três baixas confirmadas: BMW, Ducati e Harley-Davidson. As três marcas premium, que atuam no Brasil e têm produção nacional optaram por ficar de fora da exposição desse ano.

Com um discurso parecido, as marcas abriram mão de estar no evento devido a um custo elevado de produção e compra do espaço. Porém, o principal fator citado por todas é o foco na experimentação, que o Salão Duas Rodas não oferece. Isso seria o ponto de conexão das marcas.

Segundo o CEO da Ducati, Diego Borghi, hoje, com o atual formato, o Salão Duas Rodas não atende as demandas das montadoras. “Para ver e subir na moto, o consumidor vai até a concessionária e tem esse contato”, afirmou o executivo.

Borghi citou como fator de experimentação o Ducati Riding Experience (DRE). É um programa de treinamento oferecido para os proprietários de motos Ducati em diversos módulos. O DRE chegou ao Brasil no final do ano, mas já existe em outras partes do mundo como parte das operações da Ducati.

 

PITA1433 SÃO PAULO/SP 08/10/201.JORNAL DO CARRO/SALÃO DUAS RODAS 2013.Na foto moto DUCATI Hypermotari no salão duas Rodas 2013 em São Paulo.FOTO EPITACIO PESSOA ESTADÃO.

 

A BMW segue a mesma lógica, mas afirma que vem ” examinando a sua presença em feiras e outros compromissos, ao mesmo tempo em que está explorando novas plataformas e formatos alternativos”. A marca, assim como a Ducati, tem investido em cursos, passeios e track days para clientes e entusiastas.

No comunicado que divulgou, afirma também que vai investir em outros eventos para os amantes da marca. A BMW tem, ao redor do mundo, declinado de alguns eventos como fez com o Salão de Detroit 2019.

 

A Harley-Davidson segue a mesma linha de conduta. A marca apenas foi mais específica onde irá alocar seus esforços e dinheiro em 2019. Como tem uma série de eventos próprios, vai fortalecer as ações em torno deles. Entre ele estão o Harley-Davidson Brasil Ride, o H.O.G. Rally e o H-D Riders’ Camp. Este último, inclusive, não é exclusivo para proprietários de motos Harley-Davidson ou sócios do clube de proprietários (Harley Owners Group – H.O.G.) da marca. Na verdade, não é preciso nem ter uma moto – e isso torna o evento mais abrangente.

 

Fontes ligadas ao mercado afirmam que o custo do evento em São Paulo é altíssimo, porém sem retorno em vendas ou dinheiro para as marcas. “Para fazer o Salão de Milão (EICMA), que é o maior do mundo, gasta-se cerca de 1/3 do que é usado em São Paulo”, afirmou. Uma delas foi mais contundente: “O salão não existe sem as marcas, mas todo mundo faz dinheiro em cima, menos as marcas”.

É uníssono que o formato precisa mudar para voltar a atender as marcas com a parte da experiência, declarou uma das fontes. O ideal, além da exposição, seria inserir a experimentação, entretenimento e vendas. O formato ideal do Salão Duas Rodas seria adotar um espaço com pista, como o Autódromo de Interlagos, ou o Velo Città, onde ainda houvesse espaço para gerar a área de exposição, segundo fontes.

“Não há como realizar experimentação de motos, especialmente as de média e alta cilindrada, em um espaço que não seja o adequado para isso, para acelerar com segurança e ainda oferecer a experiência ao consumidor que vai conhecer a motocicleta”, concluiu.

 

DUAS2268 S10 SP 18-10-05 DUAS RODAS JORNAL DO CARRO/ECONOMIA = Salao Duas Rodas no Centro de Exposicoes Imigrantes, zona sul de Sao Paulo = FOTO JF DIORIO/AE

 

TRIUMPH E DAFRA AINDA NÃO DECIDIRAM

Se algumas das marcas mais importantes já declinaram da participação, outras estão ainda em suspenso. A inglesa Triumph e a nacional Dafra/KTM ainda estudam se estarão ou não, no Salão Duas Rodas 2019. Na Triumph, a avaliação passa pela direção nacional e também está sendo alinhado com sede da marca, em Hinckley, na Inglaterra. A Dafra não deu maiores informações. A Royal Enfield, em nota, afirmou que ainda estuda sua participação no evento.

Honda, Yamaha e Kawasaki confirmaram a presença no Salão. O Jornal do Carro não conseguiu contato com a J. Toledo, importadora e representante oficial das marcas Suzuki e Kymco.

 

MERCADO DE MOTOS

Depois de anos seguidos operando abaixo de um milhão, o mercado de motos fechou 2018 com crescimento leve durante todo o ano, o que levou ao acumulado de 1.036.846 fabricadas. A projeção para 2019 é de 1.080.000 motos.

As vendas ficaram em 940.362 unidades. A estimativa para 2019, segundo a Fenabrave, é de que 1.008.986 motocicletas sejam comercializadas. Um aumento de 7,3% em relação ao ano passado. Já segundo a Abraciclo, a projeção é de 1.031.000 – o que significaria um aumento de 7,7%.

A Abraciclo não quis se pronunciar.

 

Nossa opinião:

É uma pena que o Salã 2 Rodas perca essas 3 marcas que são ícones do motociclismo mundial, e provavelmente percamos outras marcas num efeito cascata.  Nós frequentamos o Salão 2 Rodas desde 2013 já que prestamos serviços de Ajustes e restaurações em Jaquetas e Macacões de Motociclistas de todos seguimento( Speed, custom, big trail, naked etc).

 

Segue abaixo algumas opiniões dos amigos do Tite Simões que é um especialista no Mundo das Duas Rodas há décadas :

 

Thelmo F. HG Tite Simões mas tem tbem a redução da efetividade desses “salões”.
eu costumo ir, mas concordo que é um modelo sem os atrativos de outros tempos. Antes os “lançamentos” só ocorriam lá… hj não tem “novidade” quase nenhuma…. a imprensa e a nova formula de lançamento de modelos esvaziam esses salões

 

Pedro Ruta Jr. Salão Duas Rodas não é para um público que compra BMW, Ducati e HD. A resposta está na matéria mesmo:

“Para ver e subir na moto, o consumidor vai até a concessionária e tem esse contato”

O potencial cliente dessas marcas dificilmente é marinheiro de primeira viagem, em geral já é experiente e sabe como a banda toca. Uma experimentação desse tipo de moto cara no SDR seria apenas para servir de ponte para tragédias anunciadas. Só imaginar quem nunca andou de moto grande e pesada fazendo fila pra ‘experimentar’.

É igual test-drive em carro de luxo: não existe.

 

Adriano Vanderstappen Se não me engano, este espaço tem ar condicionado…só isso já justifica preços mais altos que o Anhembi, que parou no tempo…

 

Dinho Leme Boa Tite. E que venham as marcas das duas rodas para se fazer uma coisa bonita e coerente com um país onde tem motos e todas as marcas e motociclistas conscientes e doidos totais. Pra mim Tite Simões deveria assumir o Ministério das Duas Rodas do Bolsonaro. Renzo como sub…. e aí vem Carlaozinho e um monte gente boa

 

Rodrigo Pinna A grande questão é: um investimento muito alto para o baixo volume de vendas no Brasil… e outra, quem compra essas marcas (como disse alguem aí pra cima) é muito específico, decidido… já sabe exatamente o que quer… não precisa de Salão… eles vão na concessionária, já com o modelo decidido, assinam o cheque e pronto.  É uma pena… pois a médio ou até mesmo a curto prazo, esse evento está ameaçado de não existir mais.

Costureira na Vila Olímpia – RUA SANTA JUSTINA N°75 

Veja também :

 

Prezado Visitante :
É uma honra ter você aqui em nosso site e esperamos que tenha gostado do conteúdo do mesmo.

E para chegarmos e alcançarmos esses números foi (e é a cada dia) necessário um atendimento personalizado a cada cliente, e nosso empenho tem sido diário para melhorarmos sempre constantemente.

O número de pessoas que entram em contato conosco por conta dessas avaliações é bem expressivo, mas mesmo com todas essas avaliações muitas vezes as pessoas querem saber apenas o preço cobrado e por PRESTARMOS SERVIÇOS e NÃO por VENDERMOS produtos não há como darmos um preço fechado nos ajustes mais complexos, e algumas vezes somos até mau tratados por isso.

Queremos agradecer a cada cliente que enviou sua avaliação, e tantos outros que preferiram não enviar, mas que nos deram a oportunidade de executarmos os nossos serviços.

Clientes esses que preferiram em primeiro lugar a qualidade que dizemos ter (e nos esforçamos para ter cada dia mais), e não somente o preço.

Com toda sinceridade (sem sermos arrogantes NUNCA pense isso de nós), se formos comparados apenas por PREÇO certamente não seremos a melhor escolha.

Não somos perfeitos, mas somos motivados a melhorarmos a cada dia, pensando em você cliente.

Será um prazer atender você se nos der a oportunidade.

Seguem os links :

Google meu negócio :

https://www.google.com/search?ei=SQs2XOzDO4ulwATq16-wCA…,,,

Fan page (facebook) :

https://www.facebook.com/www.elcosturas.com.br/

Lembrando que são opiniões de diversos seguimentos como as seguintes: de Noivas (ajustar vestido de noiva), de homens sobre os Ajustes de Ternos, Ajustes em Jaquetas de couro e toda uma gama de serviços de costuras que realizamos em nosso ateliê (não confeccionamos – fazemos ajustes, restaurações, modificações, transformações, reparos etc).

Estamos localizados na Rua Santa Justina,75 Vila Olimpia e na Av cupece,1494 bairro Jd prudência

#vilaolimpia #o #moema #saopaulo #vilamariana #itaimbibi #campobelo #sp #morumbi #vilanovaconceicao #brooklin #jardins #vilamadalena #santoamaro #like #butanta #itaim #sampa #saude #s #belavista #feriado #arquitetura #perdizes #zonasul #arquiteturadeinteriores #engenheiros #vilaleopoldina #treinamento #bhfyp #itaimbibi #saopaulo #o #moema #jardins #vilanovaconceicao #morumbi #vilaolimpia #itaim #vilamadalena #sp #love #joaocachoeira #brasil #hidrata #ao #dog #sampa #cachorro #digitalinfluencer #taboaodaserra #gym #moda #business

Costureira na Vila Olímpia / Costureira na Vila nova conceição/ Costureira em Campo Belo/ Costureira em Moema/ Costureira no Morumbi/ Costureira no Itaim Bibi

Leave a comment