6 ideias de negócios para empreender na crise

 

6 Dicas para empreender durante a crise.

6 ideias de negócios para empreender na crise

Para quem sempre sonhou em ter um negócio próprio e virar empreendedor, a crise econômica mundial pode parecer um banho de água fria.

No entanto, este pode ser o momento de superação e até de geração de empregos. Mas como ter certeza de que este é o momento certo para empreender? Como saber em qual dos inúmeros nichos do mercado aplicar seu tempo, dedicação e orçamento?

Antes de tudo, é preciso paixão pelo que se faz. Seja no nicho de revenda de hospedagem de sites, na revenda de produtos de beleza ou na dedicação ao marketing digital, faça com excelência e de forma planejada.

Quando a insegurança bater, tenha em mente que a crise é um momento de se dedicar ao que você faz de melhor e mostrar seu diferencial, pensando também como um cliente, o que gostaria, qual atendimento faz seu coração bater mais forte, como fazer diferença em meio a selva do empreendedorismo de diversos seguimentos, desde os mais complexos até os mais simples aparentemente, como por exemplo um Ateliê de costuras  que para não fechar as portas durante a quarentena decidiu se renovar e começar a fabricar máscaras de proteção para vender  por exemplo.

Vamos agora dar ideias de negócio para seu potencial de empreendedor sair do papel e ganhar asas.

1 – Revenda de hospedagem

Esta é uma das ideias mais lucrativas deste momento de crise, onde o mundo e os hábitos de consumo têm se tornado cada vez mais virtuais e um estudo feito no início de Junho de 2020 , após mais de 2 meses de quarentena, é de que pelo menos 10 milhões de novos consumidores online começaram a fazer suas primeiras compras diretamente pela Internet.  São pessoas que tinham receio de clonagem de cartões, de golpes virtuais, mas que se viram obrigadas a aprender o básico e se arriscar nas compras virtuais.

Com a revenda de hospedagem você pode criar, revender e gerenciar planos de hospedagem. O melhor: é possível customizar os planos de revenda de hospedagem de acordo com sua própria marca e desejo de seus clientes. A negociação é realizada através de plataformas próprias e tem crescido cada vez mais.

Quem deve investir na revenda de hospedagem?

Quem gosta de trabalhar em casa, tem disponibilidade de horários, quer investir em marketing e não tem um grande valor para investir. Alguém que tenha disciplina para não perder o foco com a certa liberdade que tem em casa é quem se dá melhor nesse tipo de empreendimento.

 

Costuras e Reformas em Geral - 6 ideias de negócios para empreender na crise

2 – Vender cosméticos no varejo

Esta é uma boa ideia para qualquer lugar do mundo, mas cá entre nós, poucos países movimentam tanto o mercado da vaidade quanto o brasileiro.

Não é apenas a fama das mulheres mais bonitas do mundo. O autocuidado faz com que sejamos grandes consumidores dos produtos de embelezamento. O momento de crise é uma ótima pedida para este investimento, já que as pessoas têm ido menos ao salão e gastado um bom tempo e tutoriais de maquiagem e tinturas.

Quem deve investir na venda de cosméticos no varejo?

Nossa dica é que este nicho é voltado especialmente para quem gosta e entende dos produtos. A expertise no atendimento aos clientes fará toda a diferença. Entender como cada produto fica nos diferentes tipos de pele ou temperaturas, as maquiagens da moda e os produtos de alta tecnologia farão sucesso. E se você gosta e entende desse assunto é bom já ir pensando no nome do seu Canal no Youtube e no Instagram pois quem dominar as mídias sociais sairá anos luz à frente .

3 – Divulgar pequenas e médias empresas

Que a propaganda é a alma do negócio, todo mundo sabe, mas nem sempre põe em prática. Até que o nome das pequenas e médias empresas se torne referência, muito marketing passa por baixo da ponte e é aqui que você entra! O boca a boca sempre foi essencial, e agora na era do ” boca a boca digital”, é questão de sobrevivência você fazer propaganda do seu negócio.

Quem deve investir na divulgação das pequenas e médias empresas?

Os empreendedores com experiência em comunicação irão faturar muito com o mínimo de investimento. Você pode começar na sua cidade, visitando as empresas, os comércios e mesmo os prestadores de serviços, artesões, cantores…

Invista no visual da propaganda, na criatividade e faça a diferença!

4 – Consertar produtos

Atire o primeiro display quem nunca precisou recorrer a um conserto de tela de celular! O mesmo vale para um botão de pressão daquela calça ou um ventilador que simplesmente parou de funcionar e você teve que recorrer a uma costureira que faça Consertos e reformas de roupas  .

A crise faz com que as pessoas invistam muito mais tempo e dinheiro em consertos e comprem cada vez menos.

Quem deve investir no conserto de produtos

Aqui o ideal, para evitar investimentos, é que você se empenhe no que já sabe fazer – seja o conserto de roupas, smartphones ou eletrodomésticos, evitando assim a contratação de mão de obra especializada

Costuras e Reformas em Geral - 6 ideias de negócios para empreender na crise

5 – Treinar vendedores e gerentes de vendas

Aqui toda sua expertise de encantador de clientes vai ser voltada a ensinar outros. Mesmo que os produtos de um comércio sejam irresistíveis, um atendimento ruim pode marcar uma empresa de forma bem negativa, em especial nos dias de hoje com a popularização das reclamações nas redes sociais. O serviço pode ser prestado presencialmente ou de forma virtual, para pequenos ou grandes públicos. Até porquê, em pouco tempo, você terá que ter sua empresa cadastrada no Google Meu Negócio caso seja uma empresa fixa e aí seus futuros clientes poderão ver as avaliações da sua empresa antes de te contatarem

Quem deve investir no treinamento de vendedores e gerentes de vendas?

Sem dúvida: só os experts em vendas com vasta experiência no atendimento aos mais diversos tipos de clientes devem se lançar neste mercado.

Você pode estudar as fórmulas, gatilhos mentais e toda a teoria que envolve as vendas, mas a experiência no ramo é fundamental.

6 – Criar um marketplace

Com os hábitos de consumo cada vez mais informatizados, conectar compradores e vendedores é uma ideia promissora.

Neste momento, tanto consumidores quanto empresas estão ampliando seus canais de comunicação para manter o faturamento neste momento em que os clientes estão evitando sair de casa.

Quem deve investir no treinamento de vendedores e gerentes de vendas?

Esta é uma opção para empreendedores arrojados. Apesar do risco ser mínimo, as oportunidades são infinitas. Você pode optar por focar em um determinado segmento ou investir em uma grande variedade de serviços.

 

Como preservar equipes vencedoras em meio à pandemia ?

 

Como investir neste momento de crise?

Os pequenos e médios empreendedores e os Microempreendedores Individuais – MEI foram sem dúvida os mais atingidos pela pandemia. Estes modelos de negócios foram os mais impactados pelo isolamento social e fechamento dos comércios impostos mundialmente nos primeiros meses deste ano.

Segundo estimativas da Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas – CNDL, com os clientes evitando ir comprar, mas a necessidade de consumo não tem fim.

Encontrar maneiras de empreender e faturar é fundamental. Fazer a diferença, mostrar-se necessário e estudar o comportamento de consumo durante a crise é fundamental para traçar seu plano de ação. Planejar, fazer um plano de negócios, traçar metas de curto, médio e longo prazo, além de definir quanto você pode investir e as formas de divulgação.

 

Mudanças no varejo durante e pós pandemia

 

Página de fãs (facebook):

https://www.facebook.com/www.elcosturas.com.br/

Instagram:

https://www.instagram.com/ellegancycosturas/?hl=pt-br

Canal no YouTube:

https://www.youtube.com/user/ellegancy2014

Pinterest: 

https://br.pinterest.com/ecosturas/

 

Tema do Post: 6 ideias de negócios para empreender na crise

Deixe seu comentário