O chefe secreto- Fantástico.

 

 

O diretor e o personagem que ele se transformou no chefe secreto

 

Quando o patrão se coloca no lugar do empregado- e quando o empregado reconhece o trabalho do Patrão.

 

Resolvemos escrever um pouco mais do nosso entendimento e do nosso cotidiano profissional relacionado ao programa que o Fantástico da Rede globo está produzindo:

 

O Chefe Secreto

 

Muito bacana o Diretor da empresa , Valdo marques, que se passa por um funcionário de nível hierárquico muito abaixo do dele, chamado de Marcos Júnior, se dizendo músico, sem experiência naquelas áreas.  Um profissional que se coloca no lugar de um colega sente na pele as dificuldades que cada profissão possui.

 

O Diretor, até então funcionário, viu a dificuldade do motorista de caminhão que é um senhor, na hora de descarregar os geradores e colocá-los muitas vezes em cubículos, empregando uma força desumana que a idade já não permite mais.   Junta-se a isso o agravante desse senhor não tirar férias há 5 anos( vender as férias à empresa) e ter uma filha cega de um olho, onde ele têm que desembolsar mil reais para um colírio especial, para que a filha não perca a visão do outro olho.

 

 

o diretor e o motorista de caminhão - fantastico

 

 

 

E uma pessoa dessas ainda pedir que os funcionários tenham cuidado e façam o melhor pelo cliente… Lindo né?

 

 

E o funcionário do almoxarifado que está na segunda faculdade e dorme apenas 4 horas por dia devido aos estudos?  Esse funcionário sai de casa com o filho dormindo e quando chega quase de madrugada vê o filho novamente dormindo, e se dedica muito à empresa… Para quem assistiu e tem filhos garanto que se emocionou

 

o diretor e o funcionario do almoxarifado que esta na segunda faculdade e não vê o filho acordado

 

 

Já o ” cigano”, é chefe de oficina. Super talentoso, dono de um conhecimento técnico admirável, mas como ser humano mostrou que tem muitas falhas de relacionamento, não se preocupando nem um pouco em ajudar uma pessoa que nunca trabalhou nessa área.  Ele sequer sonharia que estava lidando com o Diretor da Empresa.

 

o diretor e o cigano- funcionario descomprometido em ajudar outras pessoas

 

No final do segundo capítulo foi emocionante demais ver o diretor chamar um por um e parabenizar o Senhor que é motorista com uma viagem à Pernambuco( sua Terra Natal) e pagar o tratamento ocular da filha.

 

Assim como dar um aumento salarial de 35% ao rapaz do almoxarifado e pagar os estudos dele.

 

Ao peruano que mora no Brasil, ele deu aumento de salário e pagou uma viagem para a Disney com o filho e a esposa, que era o sonho dele realizar para o filho. Alguém aí chorou ao ver as fotos da família na Disney?  Aqui em casa choramos.

 

Já ao cigano, o Diretor fechou com chave de ouro o feedback.   Deu apenas o estudo pago( que já é um ótimo fator motivacional) , elogiou o conhecimento técnico e no final pediu para ele tocar no violão o acorde Ré Bemol.

 

Quando o cigano falou que não sabia tocar, o Diretor falou para ele:

 

“Então, para eu exigir que você toque esse instrumento que você não sabe, é necessário primeiramente eu lhe ensinar, daí depois eu posso pedir que você toque.  Se você nunca tocou, eu não tenho direito de exigir que você saiba e que toque bem… Então nunca exija de alguém aquilo que você não está disposto a ensinar”.

 

Nesse vídeo abaixo que fizemos nós explicamos um pouco mais do nosso dia a Dia aqui no Atelier de Costuras, onde valorizamos o esforço dos funcionários a ponto de , muitas vezes, sermos chamados de ” bobos”, de ” trouxas” por alguns dos nossos familiares.

 

 

 

E você – o que achou desse episódio?

 

 

Leave a comment