Filme “Entre Irmãs” baseado no livro “A costureira e o cangaceiro”

capa do Filme Entre Irmãs ellegancy costuras www.elcosturas.com.br

 

Filme adaptado de um livro da pernambucana Francis de Fontes Peebles (“A costureira e o cangaceiro”), o longa-metragem já está nos cinemas.

 

Não tem jeito… falou na palavra ” costureira” nós aqui da Ellegancy já vamos ver do que se trata. Nesse caso específico, nos identificamos muito já que a Ellegancy abriu com a Dona Neide( mãe da tati , nordestina, cearense) que costurava de tudo, e foi ela que começou a ajustar jaqueta de couro, depois ajustar macacão de motociclista e ficou conosco até o começo de 2016.  Além dela, temos outras costureiras Nordestinas, arretadas, pau pra toda obra e nos orgulhamos demais dessas mulheres.

 

FILME DO CINEASTRA BRENO SILVEIRA

 

O cineasta, fotógrafo e diretor Breno Silveira, neto de pernambucanos, e nascido em Brasília tem cinquenta e três anos, morador do Rio possui uma paixão e um amor todo especial pelos personagens nordestinos. Depois do biográfico Gonzaga: De pai pra Filho (também fez os filmes: À Beira do Caminho, Era Uma Vez…e 2 Filhos de Francisco), sobre a relação entre Luiz Gonzaga e o filho Gonzaguinha, ele desejava muito contar a história e coloca-la no cinema de Maria Bonita, a mulher do cangaceiro Lampião. Porém, o historiador Frederico Pernambucano de Melo disse a Breno que tinha muito pouco sobre Maria Bonita e o que tinha não dava para fazer um filme confidencia o cineasta tristemente, durante uma conversa na sua estadia no Recife, quando esteve com quase toda a equipe de Entre Irmãs, seu novo longa-metragem, para uma sessão toda especial no Cinema São Luiz, na capital Pernambucana.

 

Muito embora o cineasta não tenha feito o filme que tanto sonhava fazer, Breno acabou sendo surpreendido pelo destino e deu um jeito de contar a história de outra cangaceira, uma das heroínas do romance do livro “A Costureira e o Cangaceiro” (que agora foi rebatizado com o nome de “Entre Irmãs”, numa nova edição da editora Arqueiro), escrito pela pernambucana Francis de Pontes Peebles.  E de quebra, Entre Irmãs conta a história de duas irmãs, Emília e Luzia, o que possibilitou ao cineasta Breno o combustível que ele sempre procura para turbinar os seus filmes, pois é fascinado por histórias familiares que envolvem irmãos e irmãs e pais e filhos. E ,“além disso, gosto muito de falar da nossa cultura, todos os meus filmes representam, de certa, o Brasil, eu gosto de falar sobre a gente. Não tem nada melhor do que a gente se ver”, afirma o cineasta Breno.

 

E foi uma amiga do cineasta e diretor quem falou para ele do romance escrito por Francis, que nasceu em Taquaritinga do Norte, no Sertão do Estado de Pernambuco, e que reside atualmente nos Estados Unidos.  E apesar do acordo feito para a compra dos direitos de adaptação, Breno, Francis, e a roteirista Patrícia Andrade, que escreveu o roteiro a partir de um calhamaço de cerca de setecentas páginas, ainda não se conheciam pessoalmente, a primeira vez que se encontraram e se viram foi durante o encontro com os jornalistas num hotel da Zona Sul do Recife, onde conversaram bastante a respeito do livro “Entre Irmãs” e sobre a vida pessoal de cada um.

 

Segundo a escritora Francis de Pontes Peebles  explica que: “essa história estava dentro de mim desde criança, mas eu não sabia contá-la. Só depois de fazer um curso e ganhar uma bolsa de pesquisa é que voltei para o Brasil, num processo que demorou seis anos para escrever o livro, fui criada com as histórias do cangaço, mas sempre senti a falta das mulheres. Minha avó Luzia e minha tia-avó Emília não foram cangaceiras, mas costureiras, nascida em Sapé, na Paraíba, e criadas em Taquaritinga” que é um município brasileiro do estado de Pernambuco e está localizado no Agreste Pernambucano, na microrregião do Alto Capibaribe.

 

UM POUCO SOBRE A VIDA DA ESCRITORA FRANCES DE PONTES PEEBLES

 

Frances de Pontes Peebles nasceu no Recife e foi criada em Miami, Flórida. Formou-se em letras pela Universidade do Texas, em Austin, e em 2003 completou o famoso Iowa Writers’ Workshop. Em seguida recebeu bolsa do Programa Fulbright e do Instituto Sacatar. Seu livro Entre irmãs foi traduzido para nove idiomas e recebeu os prêmios Elle Grand Prix for Fiction, o Friends of American Writers Award e o Michener-Copernicus Fellowship. Além disso, foi adaptado para o cinema para vários filmes e possíveis minisséries pela Rede Globo. E a escritora Frances retornou ao Brasil em 2009, para cuidar da fazenda da família, e no fim de 2012 se mudou novamente para os Estados Unidos com o marido e a filha. Atualmente eles vivem na cidade Chicago, Estados Unidos.

 

foto da escritora FRANCES DE PONTES PEEBLES ellegancy costuras www.elcosturas.com.br

A escritora Frances de Pontes Peebles 

 

UM BREVE RESUMO DO FILME E DO CANGAÇO

 

E a invenção bem criativa e instigante da história das duas irmãs, separadas pelas mãos do cangaceiro Carcará, é contada em tintas épicas, mas também intimistas. Do Sertão ao litoral (Recife), as irmãs Luzia (Nanda Costa) e Emília (Marjorie Estiano) são jogadas no olho do furacão depois que a primeira é raptada por Carcará (Julio Machado) e a outra casa, vindo morar na Capital. E segundo a atriz Nanda costa afirma: “que pena que não tenha mais filmes com mulheres como essas e apesar de passar nos anos de 1930, a história é muito atual”. E se repete principalmente nos lugares longínquos desse nosso País.

 

E na trama, as irmãs são criadas para serem costureiras, mas acabam se afastando, pois a personagem Luzia (luta contra os constrangimentos provenientes de sua deficiência física e nutre um forte desejo de liberdade) vai atrás de um violento grupo de cangaceiros, enquanto Emília sonha com um príncipe encantado e quer se mudar para a capital, e apesar de tudo isso tenta ao máximo se manterem próximas para não perderem de vez o contato, e o conteúdo completo dessa linda história já está em cartaz no cinema vale muito a pena prestigiar esse filme, e todos os filmes brasileiros.

 

E em cada uma das inclinações pessoais das irmãs somadas aos desafios impostos a essas mulheres na década de trinta, moverão seus destinos para caminhos distintos, enquanto Emília vai para a capital como esposa de Degas, Luzia junta-se ao bando do cangaceiro Carcará. O filme ainda conta com personagens cativantes como a encantadora Lindalva e o perigoso Orelha.

 

O cineasta Breno Silveira já mostrou anteriormente como consegue fazer um drama familiar colaborar com a narrativa, e é exatamente isso que ele entrega em Entre Irmãs. A dinâmica entre a Luzia e Emília é capaz de levar o espectador a um sertão quase palpável, quem vive no Nordeste certamente tem uma tia ou uma avó que usa as mesmas expressões no mesmo tom das duas irmãs.

 

A força das mulheres nesse filme é algo digno de admiração, são elas que tomam as iniciativas e decisões que conduzem a trama, e mesmo em condição de perigo extremo, essas mulheres encontra coragem de enfrentar seus destinos, por mais amargos que eles possam vir a ser. Luzia com sua aparência dura, moldada pelas adversidades, capaz de olhar no olho do perigo, Emília com seu sorriso doce e olhar sonhador, mas que também consegue ser tão dura quanto à irmã quando é preciso.

 

A direção de arte fez um excelente trabalho em ambientar uma Recife da década de trinta e a escolha de fachadas que não mudaram muito com o passar dos anos, como a casa da família do Degas em Olinda ou alguns prédios do Recife Antigo. E Patrícia Andrade não deixa um retalho nem sobrar e nem muito menos faltar, até mesmo detalhes que incomodam a princípio são justificados ao decorrer do longa, que apesar de ser um filme de época, nos faz refletir sobre temas muito atuais. O filme “Entre Irmãs” é uma belíssima história de vida capaz de roubar muitas lágrimas de muita gente no cinema, indicamos muito esse filme não percam.

 

E em um vídeo gravado nos bastidores da produção, a atriz Nanda Costa afirma sobre sua personagem: “Luzia é uma menina que nasceu no sertão, nesse lugar inóspito, e tudo o que ela tem na vida é a irmã. Ela não tem pai, não tem mãe, elas cresceram com a tia, e é a tia quem fala muito isso pra elas, que tudo o que elas têm é uma a outra”. E esse afeto e amor entre as duas irmãs que fará com que mesmo com todas as adversidades que acontecerão em suas vidas o vínculo nunca entre elas nunca é quebrado.

 

E de acordo com a atriz Marjorie Estiano (seu nome artístico) a sua personagem: “Emília consegue distinguir o que acha certo, o que acha errado, o que quer do que não quer e o que acha feio, acha bonito. Isso é uma qualidade imensa, não sei se isso se ensina”. A atriz está muito feliz por ter sido escolhida para fazer esse papel que acrescenta muita experiência em sua carreira e na vida como um todo.

 

E o elenco conta ainda com os seguintes atores e atrizes: Julio Machado, Rômulo Estrela, Letícia Colin, Gabriel Stauffer, Cláudio Jaborandy, Cyria Coentro, Ângelo Antônio, Fábio Lago e Rita Assemany, uma belíssima seleção de estrelas do nosso Brasil.

 

E Letícia Colin descreve um pouco a sua personagem Lindalva como: “uma mulher moderna e é uma garota à frente do seu tempo, uma força da natureza, conversarmos de querer que ela fosse um sol, imaginávamos uma figura iluminada, que transbordasse de amor e de esperança”, diz, uma personagem instigante e extremamente admirável.

 

UM POUCO DA CARREIRA DAS ATRIZES

 

Fernanda Costa Campos Cotote (nome completo da atriz) que nasceu no dia 24 de setembro de 1986 em Paraty no Rio de Janeiro. É uma jovem atriz brasileira conhecida por interpretar a personagem Morena em Salve Jorge, e atualmente está atuando como Sandra Helena em Pega Pega da Rede Globo. Apesar de ser muito nova tem um currículo invejável e extenso com participações em várias novelas, no cinema, no teatro e possui muitos prêmios em sua belíssima carreira promissora.

 

Marjorie Dias de Oliveira (nome completo da atriz) que nasceu no dia 8 de março de 1982 em Curitiba, Paraná. E é uma apresentadora, uma cantora, uma compositora e uma atriz brasileira. Por ser uma mulher multitalentos Marjorie possui um currículo muito extenso apesar da pouca idade, participou de várias novelas, de vários filmes, de muitas peças de teatro, gravou cd, fez participação em vídeos musicais, fez várias turnês, foi indicada para vários prêmios e ganhou alguns, isso e muito mais na sua carreira tão bem sucedida, admirável e mais do que promissora.

 

Letícia Helena de Queiroz Colin (nome completo da atriz) que nasceu no dia 30 de dezembro de 1989 em Santo André, São Paulo. É uma apresentadora, cantora e atriz brasileira. Em seu currículo possui muitas novelas, cinemas, teatros, participação em videoclipes, e muito mais. E também é uma atriz que tem um currículo muito invejável e uma carreira extremamente promissora.

 

Algumas fotos das cenas do filme a seguir…

 

elenco do filme entre irmas ellegancy costuras www.elcosturas.com.br

 

2foto do filme entre irmãs ellegancy costuras www.elcosturas.com.br

 

entre irmas nanda costa ellegancy costuras www.elcosturas.com.br

 

foto do filme entre irmãs ellegancy costuras www.elcosturas.com.br

 

entre irmas foto do filme ellegancy costuras www.elcosturas.com.br

 

cenas do filme entre irmãs ellegancy costuras www.elcosturas.com.br

Costureira na Vila Olímpia – RUA SANTA JUSTINA N°75 

UM POUCO SOBRE O TRABALHO DA ELLEGANCY COSTURAS

 

A Ellegancy é uma empresa especializada em ajustes em roupas de um modo geral, além de customizações em roupas, consertos em roupas, reparos em roupas etc. O atelier possui profissionais altamente gabaritados para fazer ajuste desde vestido de noiva passando a ajuste em macacão de motociclistas, deixaremos linkados para que possam nos conhecer melhor alguns dos nossos trabalhos além de vídeos, se desejarem alguns dos nossos serviços estamos a inteira disposição e o receberemos de braços abertos em nosso atelier, desejamos que tenham gostado da matéria, forte abraço em todos e até breve.

Com carinho,

Ellegancy Costuras.

 

VEJAM OS NOSSOS ÚLTIMOS TRABALHOS    

http://elcosturas.com.br/ultimos-trabalhos/

#vilaolimpia #o #moema #saopaulo #vilamariana #itaimbibi #campobelo #sp #morumbi #vilanovaconceicao #brooklin #jardins #vilamadalena #santoamaro #like #butanta #itaim #sampa #saude #s #belavista #feriado #arquitetura #perdizes #zonasul #arquiteturadeinteriores #engenheiros #vilaleopoldina #treinamento #bhfyp #itaimbibi #saopaulo #o #moema #jardins #vilanovaconceicao #morumbi #vilaolimpia #itaim #vilamadalena #sp #love #joaocachoeira #brasil #hidrata #ao #dog #sampa #cachorro #digitalinfluencer #taboaodaserra #gym #moda #business

Costureira na Vila Olímpia / Costureira na Vila nova conceição/ Costureira em Campo Belo/ Costureira em Moema/ Costureira no Morumbi/ Costureira no Itaim Bibi

Leave a comment