Ellegancy Costuras- Receita federal apertará cerco aos importados

A Receita Federal Fechando ainda mais o cerco sobre os Produtos Importados

 

Mais uma do sistema Lula/Dilma de ser…

 

Já que não querem perder a arrecadação absurda de impostos através de redução da carga tributária, preferem mais uma vez lesar quem está indo ao exterior fazer compras.

 

Ou seja, querem que se torne impossível trazer algo de outro país, para sermos obrigados a comprar tudo aqui no Brasil a preços absurdos.

 

Boa parte dos nossos clientes trazem roupas dos Estados Unidos e da Europa…. Esse é o Brasil que conhecemos( e não queremos)

 

Muitas pessoas se perguntam se vale a pena comprar roupas nos Estados Unidos, e a resposta é sim… Já para o ano que vem não dá para saber se comprar roupas importadas compensará.

 

Receita vai apertar cerco às importações via web

Um sistema que está sendo montado em parceria com os Correios e a Receita vai automatizar a fiscalização sobre pacotes que chegam do exterior

Lia Lubambo/EXAME

Correios

Correios: os Correios poderão ser incumbidos de recolher o ICMS

Brasília – Em janeiro e fevereiro deste ano, as compras de mercadorias feitas por brasileiros no exterior via internet e entregues pela via postal deram um salto da ordem de 40% sobre o ano passado, e alertaram a máquina de arrecadação do Fisco, que já prepara ações para atacar esse “nicho”.

 

O País tem recebido perto de 1,7 milhão de pacotes a cada mês, quando no início de 2013 o volume era da ordem de 1,2 milhão. No ano passado, foram 18,8 milhões no total, segundo dados da Receita Federal.

A maior parte dessa farra de consumo tem chegado ao comprador sem a cobrança de tributos, mas isso está prestes a mudar. Um sistema que está sendo montado em parceria com os Correios e a Receita vai automatizar a fiscalização, que hoje é feita por amostragem.

E, ao contrário do que muita gente pensa, o que se adquire de estabelecimentos comerciais no exterior é sujeito a tributação, independentemente do valor. Há exceções, como livros, periódicos, medicamentos com receita médica e bens enviados por pessoa física de valor até US$ 50,00.

O sistema deverá entrar em teste em setembro deste ano, segundo informou a chefe da Divisão de Controles Aduaneiros Especiais da Receita, Edna Beltrão Moratto. A previsão é DE que seja implantado em janeiro de 2015.

Segundo Edna, os impostos federais incidentes sobre as compras no exterior pela via postal são de 60%. Mas ainda tem o Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), que é estadual. Os Correios poderão ser incumbidos de recolher essa parte.

 

 

Fonte:

 

Receita vai apertar cerco às importações via web

VEJAM OS NOSSOS ÚLTIMOS TRABALHOS    

http://elcosturas.com.br/ultimos-trabalhos/

Fazer uma reforma no vestido de noiva

Viajar pela agência J3 Viagens

Leave a comment