Consertar ou reformar roupas

Reformar roupas conforme a moda

Muitas vezes, deixamos peças de roupa esquecidas porque perdeu um botão, rasgou ou estourou o zíper. Algumas vezes isso acontece com nossas peças prediletas. Porque ao  invés de comprarmos uma peça nova, não economizamos consertando?
Muitas vezes as  peças que deixamos de lado por achar que o caimento não está tão bom, se torna perfeita depois de um ajuste de roupa. Desta forma prática e econômica não acumulamos roupas “NOVAS”  no guarda roupa.

Hoje você encontra na Ellegancy Costuras uma equipe especializada em reformas e ajustes de roupas, nos endereços:
 

Serviço profissional de ajuste e reforma em: Roupas comuns e finas (jeans e ternos e camisas), Vestidos de Noiva / Festa e Peças de Couro

www.elcosturas.com.br

contato@elcosturas.com.br

(11) 5021-2506 / (11) 5677-2429

https://www.facebook.com/www.elcosturas.com.br/

Ficamos localizados:

Av. Cupecê,1494 – SP

 

DIFERENÇAS ENTRE AJUSTE E REFORMA

Roupa comprada pronta não é feita pra gente, ninguém (ou quase ninguém) tem tamanho padrão homogêneo e equilibrado pro corpo inteiro – tem gente que é 38 na parte de cima e 40 na parte de baixo, ou mesmo – super frequente! – tem bumbum 42 e cintura 40. Por isso toda loja tá preparada pra ajustar peças, pra deixar o que não foi feito pra gente com caimento um pouquinho mais personalizado, mais cuidado, mas “prestado atenção”. Quem faz compras com a gente aprende isso rapidinho porque quase nunca a gente sai de uma loja com a sacola – 99% das peças que a gente experimenta/compra com clientes fica pra ajustar e a gente leva pra casa só o papelzinho com a referência do serviço (alô ansiedade!).
Acontece que a gente pode se empolgar nos ajustes e customizar a peça além do necessário – ou além do que as costureiras da loja estão preparadas pra customizar: ajuste é uma coisa, reforma é outra! Tempos atrás a Cris, uma ótima vendedora daqui de SP, contou pra gente que uma marca onde ela trabalhou organizava workshops com toda a equipe a cada estação pra explicar o que é possível e o que não é possível “operar” nas peças, pra que não haja ‘ultrapassagem de limites’ na hora do provador. Simplificando, é considerado ajuste o que adapta a peça à anatomia específica de quem usa; é considerada reforma o que influi no design da peça, o que altera o trabalho da estilista!
Então conta como ajuste diminuir a cintura, subir alcinhas, arrumar alturas de punhos e barras, tirar excesso de tecido na costura debaixo dos braços e tals – tudo sem mudar as características originais da peça. Conta como reforma acrescentar pences pra acinturar uma peça que é mais soltinha, mudar a costura do ombro de lugar, inserir botões extra no decote, tirar detalhes como pregas ou fendas, tirar zíper e mais. Até fechar bolsos pode influir no trabalho intelectual da estilista, então conta como reforma veja só!
Vale super prestar atenção nessas “interferências de provador” – e ter em mente que calça largona é pensada pra ser largona, encher de alfinetes pra deixar a modelagem sequinha é desfazer um trabalho anterior (por exemplo). E ter na agenda o número de uma costureira super experiente pra essas eventuais interferências, né?
Serviços que realizamos:
Consertos de Roupas
Consertos de Casacos
Consertos de Paletós
Consertos de Calças
Consertos em Roupas de Festas
Consertos em Roupas de Couro
Consertos em Jaquetas
Consertos em Saias
Consertos em Vestidos

Consertos em Bermudas

costureira que faz reforma em roupas
Costura e reforma de roupas
Costurar e customizar roupas
Costureira que conserta roupa
Costureira de conserto em roupas
https://www.youtube.com/watch?v=IloxAq_8VN0&t=180s

Leave a comment